LEIA ANTES DE ACESSAR O CONTEÚDO

Este blog tinha como objetivo, apenas de ser um complemento para alunos do ensino médio, no que refere as Ciência Humanas AGORA também estaremos postando aulas com assuntos das Ciências Natureza (Biologia, Química e Física).


05/11/2012

Projeções Cartográfica III - UNIDADE TRANSVERSO DE MERCATOR = UTM

Com base nas informações das aulas anteriores sobre projeções catográficas. Levando em consideração que você já compreendeu o porquê, da existência da DISTORÇÃO nos mapas a em relação a projeção cilíndrica.

Você poderia agora me dizer.... Há professor eu tenho aqui uma imagem como essa abaixo. Uma imagem de satélite e eu posso resolver esse problema da DISTORÇÃO.

CORRETO!!!!

E eu faço te uma pregunta: Por que?

A maioria dos alunos não sabem responder essa pergunta:

Eu vou responder o porquê?

A imagem de satélite é fruto de uma interpretação de uma técnica chamada de UTM

E você diz: O QUE É ISSO PROFESSOR????
Bem pessoal!!!

Esse U, significa,UNIDADE,
Esse T, significa, TRANSVERSO
Esse M, significa, MERCATOR,.

Então UTM = unidade transverso de Mercator  

E o que é essa história de TRANSVERSO?

Bem!! Esse tal transverso é a posição inversa da linha que tangência a linha do Equador, e passa a ser no sentido vertical e não mais horizontal..



 EXEMPLIFICANDO:
Veja a figura abaixo.




Para realizar esse tipo de projeção eu coloco o cilíndro na transversal, e o ponto de tangência deixa de ser o EQUADOR, e passa a ser, nesse caso, o fuso 23, como mostra a figura acima. Poderia ser inclusive a sua casa, por exemplo: vamos dizer que você observou-a no satélite. Certo?

PERGUNTA: Dá para confiar?

RESPOSTA:  Perfeitamente, mas eu só consigo cartografar com perfeição apenas um pedacinho do mapa. Se eu for cartografar grades áreas vai ter (acontecer) a mesma DISTORÇÃO da projeção de Mercator.

IMPORTANTE:

- Essa técnica é uma variante da PROJEÇÃO CILÍNDRICA DE MERCATOR.

- Ela trata-se de um sistema de coordenadas para a projeção transversa  de Mercator.

- Ela é mais (só) utilizada na elaboração de cartas topográficas de grandes escalas:

Exemplos:
 
1: 10.000 a 1: 100.000 (cartas militares (militares - sistema de coordenadas retangulares em metros)

OBSERVAÇÃO: O Brasil tambémadota o UTM como sistema cartográfico nacional.

Como realizar o cálculo do fuso UTM.


  OBSERVAÇÃO: Fusos de 6° em 6°(48° - 42°), garantem uma distorção mínima no mapeamento.



Latitude de Origem: 0° (Equador).
Unidade: Metro.
Origem da coord. Norte: 0 metros no Equador para o Hemisfério Norte; 10.000.000 metros no Equador para o Hemisfério Sul.

Origem da coord. Este: 500.000 metros no MC de cada zona. Fator de Escala (K0) no MC: 0.9996.
Limite de Latitude do Sistema: de 80°S a 84°N.

Limite das Zonas de Projeção: São limitadas pelos meridianos de longitude múltipla de 6° este e oeste do Meridiano de Greenwich.

 Para quem quiser estudar fórmulas e código de transformação:
Coordinate and Datum Transformations
lat/lon, UTM or MTM to Google maps interface

Conversão Geo -> UTM
Conversão UTM -> Geo

Exercícios de Aula

01) O sistema Universal Transverso de Mercator (UTM) é amplamente utilizado no mapeamento sistemático do território nacional e possui características que o classificam como variante dos sistemas cilíndricos. Afirma-se: 
I. No plano de projeção é adotado um sistema de coordenadas plano-retangulares orientado, que possui origem estabelecida no cruzamento do Equador com o meridiano de secância;
II. Há 60 fusos de projeção definidos ao redor do planeta e as regiões polares estão excluídas desse mapeamento por possuírem deformações bem acentuadas;
III. É um sistema analítico, com o sólido transverso em relação ao Equador (cilindro);
IV. É um sistema que possui deformações em distâncias meridianas e áreas sobre o mapa;
V. Possui aplicação em mapeamento de regiões equatoriais e sobre cada um de seus fusos há regiões com ampliação e redução de áreas, tendo como limite o seu meridiano central.

A partir das afirmativas acima, indique apenas os itens CORRETOS:

a) II, III e IV.
b) II, IV e V.
c) I, III e IV.
d) II e IV.
e) III.

02) Os sistemas de projeção possuem propriedades associadas ao modelo matemático representativo da Terra e às regras de equivalência entre os pontos de sua superfície e os correspondentes no mapa, com total apoio em técnicas e métodos projetivos convencionais. Afirma-se que:

I. Os sistemas de projeção se classificam em geométrico, analítico e convencional, quanto ao método projetivo;
II. Os sistemas gnomônico, estereográfico e ortográfico são distintos entre si pela propriedade preservada de cada um;
III. Sistemas planos, cônicos e cilíndricos podem ser tangentes, e são dessa forma classificados em função da situação do ponto de vista;
IV. A posição relativa entre a superfície de referência (plano, cone ou cilindro) e a de projeção (elipsóide de revolução ou esfera) classifica os sistemas de projeção em secantes e tangentes;
V. Os sistemas projetivos sempre preservam as propriedades geométricas e topológicas dos objetos mapeados.

Assinale a alternativa correspondente apenas aos itens INCORRETOS:

a) II, III e IV.
b) I e II.
c) I, III e IV.
d) III, IV e V.
e) I, IV e V.

03) Os sistemas de projeção cartográfica foram concebidos para relacionar pontos da superfície terrestre aos seus correspondentes pontos sobre os mapas. O problema básico desses sistemas é a representação de uma superfície curva em um plano. Afirma-se que:

I. As projeções cartográficas podem adotar modelos distintos de Terra: esfera e plano;
II. As superfícies de referência e de projeção sempre são planas e sobre elas são encontrados os pontos que compõem as feições;
III. A partir das propriedades dos sistemas projetivos e das características da área mapeada executa-se o mapeamento;
IV. A construção de um sistema de projeção será escolhida de maneira que o mapa venha a possuir propriedades que satisfaçam às finalidades impostas pela sua utilização;
V. As propriedades de manutenção da verdadeira forma dos objetos (equivalência); inalterabilidade de áreas (conformidade); e constância das relações entre as distâncias dos pontos representados e suas distâncias correspondentes (eqüidistância) são consideradas sempre nos estudos de sistemas projetivos.

Estão corretos apenas os itens:

a) III e IV.
b) I, III e IV.
c) I, II e III.
d) I, III e V.
e) III, IV e V.

04) Os sistemas de projeção cartográfica cônicos apresentam padrões na apresentação gráfica de paralelos e de meridianos. Pode-se adotar um ou dois paralelos padrão em sua construção. Afirma-se que:

I. O sistema cônico conforme de Lambert possui um paralelo padrão e o raio de transformada de um paralelo é diretamente proporcional à co-latitude do referido paralelo;
II. Os sistemas cônicos possuem aplicação em mapeamento continental, possuindo menos deformação em áreas próximas ao paralelo padrão;
III. Diante da necessidade de diminuir as deformações em mapeamento de grandes áreas, os sistemas cônicos podem ser configurados com 2 paralelos padrão;
IV. Os sistemas policônicos eqüidistantes podem ser transversais, e assim são definidos por possuírem a propriedade de quase conformidade;
V. O sistema de Lallemand é policônico eqüidistante transversal modificado, e possui pouco uso no mapeamento em geral.

Destaque o item no qual as afirmativas estão INCORRETAS:

a) I, II e III.
b) II, III e IV.
c) III, IV e V
d) I e V.
e) I, II e IV.

05) O processo de mapeamento requer, de forma mandatória, o emprego de escala na representação e apresentação, sobre o plano do mapa, das feições do terreno. Mapas e cartas podem apresentar como informações marginais escalas numérica e/ou gráfica.


I. Mapas e cartas possuem escalas numéricas e gráficas onde se estabelece correlação entre os objetos mapeados, sempre deformados;
II. Um mapa contendo uma estrada com 12 km de extensão terá, na escala 1/2.000, sua apresentação com a dimensão de 500m;
III. Escalas maiores são aquelas que tendem a possuir mais detalhamento no mapeamento;
IV. A eqüidistância vertical em um mapa é sempre maior quanto menor for a sua escala;
V. Escalas gráficas são expressas em forma numérica, onde há correspondência entre valores do terreno com os seus equivalentes nos mapas.

A partir das afirmativas assinale apenas os itens INCORRETOS:

a) III, IV e V.
b) II, III e IV.
c) I, III, IV e V.
d) II, III, IV e V.
e) II e V.

6 Sobre a projeção de Mercator, é incorreto afirmar que:

a) é conhecida como eurocêntrica.
b) paralelos e meridianos são linhas retas que se cruzam.
c) quanto maior a latitude, maior a distorção.
d) é muito utilizada no mundo hoje.
e) também é chamada de globo terrestre.

“Se eu vi mais longe, foi por estar de pé sobre ombros de gigantes.”
(Isaac Newton, em uma carta a Robert Hooke, em 1675.)  


2 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...