LEIA ANTES DE ACESSAR O CONTEÚDO

Este blog tem como objetivo, ser um complemento para alunos do ensino médio, no que refere as Ciência Humanas.


sábado, 4 de agosto de 2012

Como a localização geográfica cai nas provas do Enem?

Entre geopolítica, clima e meio ambiente, questões sobre localização geográfica se fazem presentes nas provas de Geografia nos principais vestibulares peo Brasil a fora e principalmente nas questões da prova do Enem. Normalmente, perguntas sobre orientação são inseridas juntamente com outras matérias, por isso é essencial que o aluno domine este conteúdo. Nesse sentido, é importante que você vestibulando adote os cincos passos que apresentaremos a seguir para que você possa ter êxodo na resolução de questões sobre localização no momento em que estiver realizando a prova do ENEM. Para isso basta  seguir os seguintes passos:

Como sabemos nas provas do NEM há um intenso uso de mapas nas questões de todas as áreas e, para interpretá-los, deve-se investir um bom tempo no estudo de Cartografia.

Para ter êxodo o estudande da cartografia deve:

Relacionar -os fatos geográficos não acontecem de forma isolada. Eles se conectam às condições naturais e sociais do lugar onde ocorrem, o que explica a numerosa freqüência de questões interdisciplinares que relacionam os conhecimentos geográficos com outras informações.

Dinamicos -não existe um espaço geográfico estático. Tudo está em perpétua mutação, embora muitas vezes as mudanças não possam ser percebidas na escala de tempo que se está usando. Muitas questões utilizam diferentes escalas de tempo, procurando avaliar a capacidade do aluno de entender as diferentes dinâmicas do espaço geográfico.

Todos os espaços geográficos devem ser:

Localizados -há um intenso uso de mapas nas questões de vestibular e, para interpretá-los, deve-se investir um bom tempo no estudo de Cartografia. As questões avaliam a capacidade de leitura dessa linguagem e de seu sistema de símbolos específicos.

Comparados -embora os diferentes espaços geográficos tenham suas particularidades, é essencial que comparar o que se está estudando com outros lugares. Muitas questões exploram analogias, avaliando o grau de entendimento das leis geográficas.


Além dos pontos acima, os estudantes devem seguir as seguintes orientações:


1. Estudar com a meta de alcançar uma visão completa e abrangente de todos os tópicos do programa. A maior parte das questões avalia a abrangência de seus conhecimentos geográficos e não sua especificidade.

2. Entender as interdisciplinaridades. Os fatos geográficos não são isolados, mas inseridos em contextos naturais e sociais que envolvem conhecimentos de outras disciplinas.

3. Identificar os vocábulos específicos da geografia. Cada ciência tem seu
vocabulário próprio e as questões de vestibular utilizam essa terminologia.

4. Usar mapas procurando visualizar no espaço geográfico os fatos que estão sendo estudados. Estabelecer nexos lógicos com outros fatos regionais ou mundiais.

5. Relacionar o que está estudando com o que já sabe, procurando tirar dessas relações leis geográficas que expliquem a realidade local ou regional. A visão global do espaço geográfico deve ser acompanhada do conhecimento de seus aspectos específicos.

6. Avaliar sua capacidade de analisar de forma crítica e coerente a produção e a transformação do mundo contemporâneo, marcado pela alta instabilidade das fronteiras. Esse tema tem sido usado em muitas questões, quase todas baseadas em análise de textos ou interpretação de mapas.

7. Identificar as relações entre a realidade brasileira e os processos gerais que regem o mundo contemporâneo, no que se refere à natureza e à sociedade.

8. Entender a alteração que a noção de tempo e espaço geográfico estão sofrendo. Muitas questões abordam a evolução das tecnologias de comunicações e de transportes, que aumentam a velocidade de ligação dos diferentes pontos do espaço mundial e ampliam a integração de pessoas e mercados.

9. Analisar a construção dos espaços geográficos, pensando nas transformações que são impostas ao meio ambiente. Esse tem sido o assunto de algumas das mais difíceis questões das provas de geografia e está relacionado às transformações do modo de vida das sociedades contemporâneas.

Professor Reinaldo Scalzaretto(supervisor de geografia do Curso Anglo) Texto adptado

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...