LEIA ANTES DE ACESSAR O CONTEÚDO

Este blog tem como objetivo, ser um complemento para alunos do ensino médio, no que refere as Ciência Humanas.


16/03/2012

ASSUNTO: Evolução do pensamento geográfico III - O Método Regional


Fala galera!! Tudo bem? Hoje vamos falar do terceiro paradigma da geografia que é o Método Regional (Estudos das diferenciações das áreas) que vem contrário ao Possibilismo e ao Determinismo. As bases filosóficas dessas nova escola geográfica foram desenvolvidas por Richard Hartshorne.

Então vamos lá...Richard Hartshorne não utilizava o termo região: para ele os espaços eram divididos em classes de área, nas quais os elementos mais homogêneos determinariam cada classe, e assim as descontinuidade destes trariam as divisões das áreas.

Este pensamento geográfico ficou conhecido como método regional. - O método era comparar regiões, segundo critério de similaridade e de diferenciação.

IMPORTANTE:
Nele, a diferenciação de áreas é vista através da integração de fenômenos heterogêneos em uma dada porção da superfície da Terra. Focalizando assim o estudo de áreas e atribuindo à diferenciação como objeto de geografia.

OBSERVAÇÃO:

Embora o método regional tenha merecido a atenção dos estudiosos desde os séculos XVIII e XIX, como por exemplo, em La Blache, a ideia de região na geografia só vai realmente ganhar maior evidência a partir da década de 40 do século XX, pois a geografia passa a fazer um estudo particularizado de cada área. Nesse contexto para esses geógrafo era preciso criar uma geografia de nível regional para saber o potencial de cada região para melhor explorá-las de maneira mais sistematizada.


Exemplificando:

Hoje em dia a geografia tem um conceito próprio para lhe dar com o conceito de vegetação. Que conceito é esse? é o conceito de domínio morfoclimático que é um conceito síntese. Nele estão sintetizado as características do relevo, do clima, da hidrografia, do tipo de solo predominante de uma determinada área na sua vegetação.

A ideia de domínio morfoclimático foi de criar um conceito que sintetizasse a interação de todos os elementos presente na natureza, representados no  aspecto mais visível dessa integração que é a vegetação. Por isso, ele é considerado um conceito síntese a medida que ele integra o clima, o relevo, o solo a hidrografia e a vegetação e contemple as interações entre esses elementos.

Esse conceito coincide com a ideia de região geográfica pois o conceito de REGIÃO é que essa é uma área (porção do espaço geográfico) que foi separada, através de um critério, por possuir semelhança em comum.
Dessa forma, o domínio morfoclimático, por exemplo, da Amazônia corresponde a uma área (porção do espaço geográfico) que foi separada, através de um critério, por possuir semelhança em comum, a partir da interação de todos os elementos presente na natureza, representados no  aspecto mais visível dessa integração que é a vegetação. por possuir  semelhança em comum. a vegetação da floresta  amazônica ou equatorial úmida

 Concluíndo:
Uma porção do espaço geográfico correlacionado com continuidade e contiguidade (vizinhança), possuindo delimitação e características semelhantes,
Um outro exemplo, poderia a maneira didática de ser como é trabalhada a geografia regional (continentes) nos livros

2 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...